2º Prêmio Transatlântico de Fotografia…

Este ano o Prêmio Transatlântico de Fotografia tinha como tema: “Brasil: um país de imigrantes”. No mesmo formato do concurso de 2010 deveriam ser uma sequência de 4 fotografias que contassem uma história…

Para minha alegria fui premiada novamente, desta vez fiquei em 2º lugar, mas posso dizer que a emoção é a mesma e a alegria idem, a ansiedade talvez tenha sido maior pois a cobrança que eu tinha comigo mesma foi em dobro, mas ja tinha ficado feliz por estar entre os 8 selecionados para Vernissage, achava quem nem aí eu iria conseguir chegar, pois este ano por várias vezes questionei se deveria continuar na fotografia ou partir pra outra… crises e mais crises existenciais, profissionais, etc,etc… MAS como a vida da muitas voltas pra nos mostrar por onde devemos seguir, eis que fui premiada novamente e agora tenho mais que certeza que mesmo com todos os percausos é na fotografia que devo seguir e onde posso trabalhar com paixão.

Agradeço de coração à todos os “Pontes” que estavam presentes, aos amigos mais que queridos que compareceram a Vernissage, ao pessoal do Club Transatlântico que nos recebe sempre tão bem e a todas as outras pessoas que não puderam estar presentes mas que sei que estavam torcendo de longe e emanando pensamentos positivos. Podem ter certeza que vcs fazem toda a diferença ! 🙂

Para participar deste concurso este ano revisitei meus arquivos e resolvi reeditar e utilizar umas fotos que fiz com as Mammas de São Vito em 2010, na brincadeira pedi para que elas mostrassem o RG e a língua como uma “alusão” a Língua italiana, e completei com duas fotos espontâneas tiradas logo em seguida…

Teve uma senhora participante deste concurso (creio q era uma das finalistas tb) que disse bem alto não ter entendido o que eu fiz e mesmo eu explicando q era uma grande brincadeira com a frase “Língua Italiana”, ela inconformada disse q eu estava passando uma idéia de “falsificação”, pq as mulheres estavam com o documento na mão e com cara de “deboche” com quem estava vendo as fotografias… eu dei risada e expliquei tudo novamente pela segunda vez e de novo ela disse q não entendeu e repetiu a mesma coisa, como era dia de festa e nada iria me tirar do sério, ri novamente e pensei comigo uma frase de Mario Quintana que juro tive q me segurar pra não soltar… “Quem não compreende um olhar tão pouco entenderá uma longa explicação” … Percebi que eu poderia ficar horas explicando o que era pra ser entendido só olhando, e ela ia virar pra minha cara de novo e dizer o q ela cismou q era ! rsrsrs… Enfim, acho q devia ter dado uma rosinha do buquê pra ela ficar mais felizinha e ver q as fotos não passavam de uma “brincadeira saudavel” e que as Mammas de São Vito são umas QUERIDAS !!!

ALEGRIA DAS MAMMAS DE SÃO VITO E A LÍNGUA ITALIANA

A exposição com as fotos dos 8 finalistas segue no Club Transatlântico (Rua José Guerra. 130 – Chacara Sto Antonio – SP )pelo período de 28 de novembro 2011 a janeiro de 2012. Por fim, vale lembrar que as fotos estarão à venda e todo o valor arrecadado será destinado à Aldeias Infantis SOS Brasil.

Anúncios